IMUNO-HISTOQUÍMICA
NEOPLASIA MALIGNA INDIFERENCIADA

Em neoplasias malignas indiferenciadas (tumores anaplásicos) ou de sítio primário desconhecido, o exame imuno-histoquímico pode auxiliar, primeiramente, na diferenciação entre um Carcinoma (origem epitelial) ou Sarcoma (origem mesenquimal). Para isto, realizamos um painel simples com anticorpos anti-pan citoqueratinas e anti-vimentina.

Uma vez estabelecido o diagnóstico de Carcinoma ou Adenocarcinoma podemos utilizar outros anticorpos anti-citoqueratinas de linhagens epiteliais mais específicas como, por exemplo, a CK7 e CK20. Esses dois tipos de citoqueratinas apresentam distribuição peculiar em epitélios de revestimento normais e nos carcinomas correspondentes. Quando avaliada simultaneamente e de maneira racional, a imunorreatividade de CK7 e CK20 pode contribuir na identificação do sítio primário de vários Carcinomas e Adenocarcinomas.

Nos tumores que forem positivos para vimentina e com morfologia de células fusiformes (Sarcomas fusocelulares) são utilizados, de acordo com a morfologia e localização tumoral, anticorpos com diferenciação muscular (actina do músculo liso alfa, desmina e Myo-D1), vascular (fator VIII e CD31), neural (enolase neuronal específica-NSE, sinaptofisina, CD56, GFAP) e melanocítica (Melan A e PNL-2) para a determinação da linhagem específica. A VetMol não possui anticorpos linhagem-específica para Fibrossarcoma, Mixossarcoma, Lipossarcoma e Osteossarcoma.

Veja nas imagens os possíveis painéis imuno-histoquímicos realizados pela VetMol para os casos com diagnóstico histopatológico de Neoplasia Maligna Indiferenciada.

O material requerido para o exame imuno-histoquímico é o tecido fixado em formalina, de preferência tamponada, e incluído em parafina (bloco de parafina) com fragmento representando o tumor anaplásico e cópia do relatório do patologista veterinário.

Prazo de Entrega do laudo 10 a 15 dias úteis

Bibliografia.


Laufer Amorim R, TORRES NETO R, Kiupel M. Imuno-histoquímica no diagnóstico oncológico. In: Daleck CR, Nardi A. Oncologia em cães e gatos. 2016, p. 133-146.

Donald J. Meulten. Tumors in Domestic Animals. 5 ed., 2017.

Roccabianca P. Canine skin cancer and the art of classifications. Vet Pathol. 2018;55(6):770-771.

Kok MK, et al. Hierarchical cluster analysis of cytokeratins and stem cell expression profiles of canine cutaneous epithelial tumors. Vet Pathol. 2018;55(6):821-837.

Lin F, Liu H. Immunohistochemistry in undifferentiated neoplasm/tumor of uncertain origin. Arch Pathol Lab Med. 2014;138(12):1583-610.

Bahrami A, Truong LD, Ro JY. Undifferentiated tumor: true identity by immunohistochemistry. Arch Pathol Lab Med. 2008;132:326-48.

Bridge JA. The role of cytogenetics and molecular diagnostics in the diagnosis of soft-tissue tumors. Modern Pathology (2014) 27, S80–S97.

Hornick JL. Novel uses of immunohistochemistry in the diagnosis and classification of soft tissue tumors. Modern Pathology (2014) 27, S47–S63.

Nagamine E, et al. Diversity of Histologic Patterns and Expression of Cytoskeletal Proteins in Canine Skeletal Osteosarcoma. Vet Pathol. 2015;52:977-84.

Imagem do exame
Painel inicial de anticorpos utilizados pela VetMol para Neoplasia Maligna Indiferenciada.
Imagem do exame
Anticorpos utilizados pela VetMol para o diagnóstico de Carcinomas e Adenocarcinomas
Imagem do exame
Anticorpos utilizados pela VetMol para o diagnóstico de Sarcomas
Imagem do exame
Anticorpos utilizados pela VetMol para o diagnóstico de Carcinoma Neuroendócrino
Imagem do exame
Painel inicial de anticorpos utilizados pela VetMol para sarcoma de partes moles
Imagem do exame
Canino, fêmea, 6 anos. Adenocarcinoma gástrico, AE1AE3
Imagem do exame
Canino, fêmea, 6 anos. Adenocarcinoma gástrico, CK20
Imagem do exame
Canino, macho, 1 anos e 6 meses, tumor na língua. Hemangiossarcoma
Imagem do exame
Cão, Melanocitoma de células fusiformes amelanótico.
Imagem do exame
Cão, pele. Melanocitoma, Melan A
Imagem do exame
Cão, m, 13 anos. Nódulo em mucosa oral (gengiva). Melanoma
Imagem do exame
Cão, subcutâneo. Hemangiossarcoma, CD31
Imagem do exame
Cão, subcutâneo. Hemangiossarcoma, CD31
Imagem do exame
Cão, subcutâneo. Neoplasia Maligna de Bainha de Nervo Periférico, HE
Imagem do exame
Cão, subcutâneo. Neoplasia Maligna de Bainha de Nervo Periférico, GFAP
Imagem do exame
Cão, subcutâneo. Neoplasia Maligna de Bainha de Nervo Periférico, GFAP
Imagem do exame
Cão, subcutâneo. Neoplasia Maligna de Bainha de Nervo Periférico, CD56
Imagem do exame
Cadela, Carcinossarcoma, Actina do músculo liso alfa
Imagem do exame
Cadela, Carcinossarcoma, AE1AE3.
Imagem do exame
Cão, massa intestinal. Tumor estromal gastrointestinal (GIST), HE
Imagem do exame
Cão, massa intestinal. Tumor estromal gastrointestinal (GIST), HE
Imagem do exame
Cão, massa intestinal. Tumor estromal gastrointestinal (GIST), Actina do músculo liso alfa
Imagem do exame
Cão, massa intestinal. Tumor estromal gastrointestinal (GIST), c-Kit
Imagem do exame
Cão, massa intestinal. Tumor estromal gastrointestinal (GIST), HE e Actina do músculo liso alfa
Imagem do exame
Cão, Pâncreas, Lipossarcoma, Vimentina.
Imagem do exame
Canino, macho, 1 ano, massa em cavidade oral. Rabdomiossarcoma alveolar, HE
Imagem do exame
Canino, macho, 1 ano, massa em cavidade oral. Rabdomiossarcoma alveolar, Desmina
Imagem do exame
Canino, macho, 1 ano, massa em cavidade oral. Rabdomiossarcoma alveolar, Desmina
Imagem do exame
Canino, macho, 10 anos, massa subcutânea em região cervical. Rabdomiossarcoma, HE
Imagem do exame
Canino, macho, 10 anos, massa subcutânea em região cervical. Rabdomiossarcoma, Desmina
Imagem do exame
Canino, macho, 10 anos, massa subcutânea em região cervical. Rabdomiossarcoma, MyoD
Imagem do exame
Canino, fêmea, 9 anos, massa subcutânea. Rabdomiossarcoma, HE
Imagem do exame
Canino, fêmea, 9 anos, massa subcutânea. Rabdomiossarcoma, Desmina
Imagem do exame
Canino. Rabdomiossarcoma, HE
Imagem do exame
Canino. Rabdomiossarcoma, HE
Imagem do exame
Canino. Rabdomiossarcoma, Desmina
Imagem do exame
Blastocerus dichotomus, Cervo-do-pantanal. Rabdomiossarcoma, desmina
Imagem do exame
Mustela putorius furo, Furão. Leiomiossarcoma, actina do músculo liso alfa
Imagem do exame
Mico-leão-de-cara-dourada. Pulmão, metástase de Hepatocarcinoma, anti-Hepatocyte
Imagem do exame
Pteronura brasiliensis, Ariranha, Fígado. Colangiocarcinoma, CK7